top of page

Alguns estados estão flexibilizando medidas de prevenção contra a Covid-19

Começando pela a lei que flexibiliza a utilização das máscaras contra a Covid no estado do Rio de Janeiro, lembramos que mesmo ela tendo sido publicada no Diário Oficial do Estado, na edição de hoje (28), a liberação ainda não está valendo. O secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, disse que o texto sancionado pelo governador Cláudio Castro (PL), depende de uma regulamentação.


Esse detalhamento virá em uma resolução da secretaria, prevista para ser publicada em uma edição extra do Diário Oficial ainda nesta quinta ou, no mais tardar, na sexta (28). Ontem (27), o estado informou que Castro havia sancionado o projeto de lei sobre o tema, aprovado um dia antes pelos deputados estaduais na Alerj, em discussão única.



O governo do Distrito Federal também expediu um decreto que autoriza a retirada da obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes abertos. A decisão entrará em vigor no dia 3 de novembro. O Decreto 42.656, de 26 de outubro de 2021, dá nova redação a decretos anteriores. A exigência de máscara fica valendo apenas para locais fechados.



O estado de São Paulo, que é campeão no número de vacinados, também já criou um comitê científico que está estudando a retirada de forma gradual das máscaras em lugares abertos e sem aglomerações. A Capital, deve anunciar no dia 10 de novembro, uma data para desobrigação do uso de máscaras.



Já no Piauí, o governador Wellington Dias (PT), disse que sonhar que o Estado possa acabar com a obrigatoriedade do uso de máscara até o Natal deste ano. Para o doutor em biomedicina e coordenador do núcleo de estudos em saúde pública da Universidade Federal do Piauí (UFPI), professor Emídio Matos, a previsão é ainda precipitada.



3 visualizações0 comentário
bottom of page