top of page

CINEMA BRASILEIRO

Atualizado: 30 de out. de 2021

O cinema brasileiro se estabeleceu no final do século XIX, quando a primeira sessão de cinema foi realizada no Rio de Janeiro. As primeiras produções cinematográficas remontam aos anos de 1897 e 1898, e as primeiras produções de ficção são da primeira metade do século XX. Ao longo da história do cinema brasileiro, um dos gêneros de destaque foi o cinema novo.



O cinema surgiu em 1895, quando os irmãos Lumière inventaram o cinematógrafo, aparelho que permitia a projeção de imagens animadas em uma tela ou parede. Essa invenção não demorou muito para chegar ao Brasil, e, em 8 de julho de 1896, deu-se a primeira sessão de cinema da história de nosso país.

Essa exibição foi realizada na Rua do Ouvidor, 57, na cidade do Rio de Janeiro, e foi amplamente divulgada na época. Contou com a exibição de filmes curtos que retratavam diferentes imagens de cidades europeias. Foi um evento de elite, uma vez que uma exibição do tipo era consideravelmente cara.

A primeira sala fixa de exibição de cinema se estabeleceu em nosso país no ano seguinte, 1897, também no Rio de Janeiro. Ela também ficava na Rua do Ouvidor, recebendo o nome de Salão de Novidades Paris e tendo como proprietários Pascoal Segreto e José Roberto Cunha Salles. Exibia-se nela filmes obtidos na Europa e nos Estados Unidos.

A aquisição desses filmes ficava a cargo de Afonso Segreto, irmão de Pascoal. Ele foi o responsável por trazer ao Brasil uma câmera de filmar, registrando em filmes as primeiras imagens da baía de Guanabara, em junho de 1898. Os irmãos Segreto também capturaram outras cenas do Rio de Janeiro.

Outro importante cinegrafista do período foi o italiano Vittorio di Maio, que capturou imagens do país no final dos anos 1890. Ele foi o responsável pela primeira gravação legitimamente brasileira, com seu filme, de 1897, chamado Bailado de crianças no colégio, no Andaraí.

0 visualização0 comentário
bottom of page