top of page

Começa julgamento dos possíveis culpado pela tragédia envolvendo a boate Kiss

O julgamento dos envolvido no incêndio da boate Kiss, que matou 242 pessoas em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, na noite do dia 27 de janeiro de 2013, que começo hoje (1º), pode durar duas semanas.


Entre as causas das mortes está a espuma que revestia o local que, ao queimar, liberou cianeto, que é tóxico, e a presença de guarda-corpos em frente à porta, dificultando a saída da boate.


Entre os réus estão dois sócios da boate e dois integrantes da banda que tocava na noite da tragédia; um deles passou mal ao chegar ao tribunal. Os réus respondem por 242 homicídios simples, com dolo eventual, quando se assume o risco de matar, e por 636 tentativas de homicídio. O júri popular é composto por 6 homens e 1 mulher.



0 visualização0 comentário
bottom of page