top of page

Dias quer que o número de partidos aliados que vai montar chapa proporcional seja o menor possível


O governador Wellington Dias (PT) se reuniu, no Palácio de Karnak, na noite dessa segunda (06), com a base aliada, sobretudo, deputados para tratar sobre o futuro do grupo político que irá disputar as eleições no próximo ano.


No encontro, ele pediu paciência a todos, falou da necessidade de reduzir o número de siglas da base, mas evitou apontar quais serão os partidos que devem permanecer com chapa proporcional.


O pedido foi direcionado, principalmente, aos parlamentares com dificuldades para encontrar um partido em 2022. Ele afirma que os partidos terão liberdade nas estratégias, mas lembrou que as definições devem ser em conjunto e não individuais.

0 visualização0 comentário
bottom of page