top of page

Piauí terá plano integrado de combate às queimadas

A governadora em exercício, Regina Sousa, reuniu-se, nesta terça-feira (16), no Palácio de Karnak, com os gestores do Corpo de Bombeiros Militar do Piauí (CBMPI), Secretaria Estadual da Defesa Civil (Sedec) e Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Semar). Na oportunidade, trataram sobre a elaboração de um novo plano para o combate às queimadas no estado em 2022.


"Percebi que neste ano cada órgão tinha o seu plano e acredito que funcionará melhor um plano integrado, um ajudando o outro, suprindo algo que falta no outro. A intenção é elaborar um plano conjunto que envolva todas as questões, desde equipamentos, treinamento, divisão de equipes, parte financeira e orientações à população. É dessa forma que vamos conseguir otimizar o trabalho no combate às queimadas no Piauí”, afirmou Regina Sousa.


O objetivo é apontar as necessidades para o próximo ano, tendo como base as ocorrências dos anos anteriores, principalmente as de 2021. “As queimada neste ano tomaram uma grande proporção em função da seca extrema, além da umidade baixa que fez com que focos de incêndio se propagassem com muita velocidade. Isso diminui a capacidade dos agentes públicos no enfrentamento, por isso estamos nos adiantando e começando a planejar ações para adquirir equipamentos e agir nos maiores focos de incêndio. As áreas do semiárido merecem uma atenção especial, mas estaremos prontos para atender ocorrências por todo o estado”, disse o secretário da Defesa Civil, José Augusto Nunes.



0 visualização0 comentário
bottom of page