top of page

Três homens são presos pela morte de congolês no Rio



Nessa terça-feira (1º), foram presos três homens, acusados do espancamento que levou à morte do congolês Moïse Kabamgabe, em um quiosque na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.


Eles devem responder por homicídio duplamente qualificado. A polícia informou que um deles é Fábio Silva, vendedor de caipirinhas na praia. Ele foi preso em Paciência, também na Zona Oeste.


Ao portal G1, a Polícia Civil, disse que Fábio confessou aos agentes que deu pauladas no congolês. Com medo da prisão, o acusado estava escondido na casa de parentes.

0 visualização0 comentário
bottom of page