top of page

Tribunal Popular do Júri condena ex-tenente do Exército a 37 anos de reclusão

Após uma longa sessão de julgamento, o Conselho de Sentença da 1ª Vara do Tribunal do Júri condenou a 37 anos e quatro meses de reclusão o o ex-tenente do Exército José Ricardo da Silva Neto pelo crime de homicídio cometido contra Iarla Lima Barbosa (art. 121, § 2º, incisos II, IV, VI e § 2º – A, do Código Penal).


O réu também foi condenado nas penas do art. 121, § 2º, incisos IV, VI e § 2º – A, c/c art. 14, inciso II, c/c art. 69, do CP, com relação às vítimas Ilana Lima Barbosa e Josiane Mesquita da Silva. José Ricardo ainda foi condenado a pagar das custas processuais, segundo o art. 804, do Código de Processo Penal.


Em face do art. 387, inciso IV, do Código de Processo Penal, foi fixado o valor mínimo para reparação de danos causados pelas infrações, em R$ 2.000,00 (dois mil reais). O júri foi presidido pelo juiz Antônio dos Reis de Jesus Noleto.



1 visualização0 comentário
bottom of page