top of page

TSE cassa mandato da prefeita de Murici dos Portelas Ana Lina Carvalho Cunha Sales


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cassou nessa quinta-feira (4), o mandato da prefeita de Murici dos Portelas, Ana Lina de Carvalho Cunha Sales, PSD. Segundo a ação impetrada pela oposição, ela não poderia se candidatar em 2020, por ser ex-esposa do então prefeito do município, Dr. Ricardo Sales. O caso em questão figuraria um 3º mandato.


Ana Lina venceu a eleição com 2.828 votos, 61,65% do total. Flávio Jardim, advogado da prefeita, disse que a relação do casal perdurou só durante o primeiro mandato do então prefeito. O relator do processo, ministro Carlos Horbach, votou por reformar a decisão do TRE e por novas eleições no município.


"O meu entendimento é no sentido de reformar o acórdão do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí. Ainda que de forma descontinuada, ainda hoje, na minha compreensão, há o terceiro mandato do mesmo grupo familiar, o que é vedado”, defendeu o ministro.



1 visualização0 comentário
bottom of page