top of page

Wellington Dias é cotado para assumir ministério em uma possível vitória de Lula


O ex-governador do Piauí, Wellington Dias (PT), é um dos cotados para comandar o Ministério da Economia, em caso de vitória do ex-presidente Lula, na disputa presidencial em outubro de 2022. A possibilidade surgiu em um encontro de empresários com integrantes do PT.


A ideia é indicar um político e reeditar a fórmula de 2003, quando o PT indicou Antônio Palocci, um médico que havia sido prefeito de uma cidade no interior de São Paulo, para comandar a pasta da Fazenda. Em março, Dias renunciou o cargo de governador para concorrer ao Senado Federal nas eleições deste ano.


O PT ainda não definiu um nome preferencial, mas empresários têm ouvido de petistas os nomes de ex-governadores, entre eles, Camilo Santana (Ceará), Flávio Dino (Maranhão) Jaques Wagner (Bahia) e Wellington Dias (Piauí), que também tem participado de encontros com empresários. O nome do ex-senador Jorge Viana (AC) também é citado.


Ao g1, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que Lula “não tem compromisso de botar um economista” para comandar a Economia, caso seja eleito em outubro. Ela confirmou a ideia que circula sobre um político assumir a pasta em um possível governo em 2023.

“O Lula já falou que pode ser um político. Ele não tem compromisso de botar um economista, pode ser um político, mas ele é quem vai decidir, nada definido ainda: ele sabe o que fazer na economia, não é Bolsonaro – mas falar em nomes, isso é especulação, não tem nada disso”, afirmou a petista.


Wellington Dias disse que ainda não há tratativas de composição de governo e que a campanha vai começar a montar grupos de trabalho para discutir temas por setor, como a economia. O petista será um dos coordenadores da campanha de Lula à presidência.

Questionado se ele tem vontade de ser ministro da Economia, o ex-governador do Piauí brincou: "Eu sou católico, acho mais tranquilo ser ministro da eucaristia - mas, falando sério, ainda não discutimos nomes nem composição de governo", disse.


Pesquisas nacionais apontam que Lula (PT) lidera as intenções de voto contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) que vai disputar à reeleição. O primeiro turno das eleições está previsto para 02 de outubro deste ano.

3 visualizações0 comentário
bottom of page